IV DOMINGO DO TEMPO COMUM


LEITURA I Deut 18, 15-20 

Leitura do Livro do Deuteronómio 
Moisés falou ao povo, dizendo: «O Senhor teu Deus fará surgir no meio de ti, de entre os teus irmãos, um profeta como eu; a ele deveis escutar. Foi isto mesmo que pediste ao Senhor teu Deus no Horeb, no dia da assembleia: ‘Não ouvirei jamais a voz do Senhor meu Deus, nem verei este grande fogo, para não morrer’. O Senhor disse-me: ‘Eles têm razão; farei surgir para eles, do meio dos seus irmãos, um profeta como tu. Porei as minhas palavras na sua boca e ele lhes dirá tudo o que Eu lhe ordenar. Se alguém não escutar as minhas palavras que esse profeta disser em meu nome, Eu próprio lhe pedirei contas. Mas se um profeta tiver a ousadia de dizer em meu nome o que não lhe mandei, ou de falar em nome de outros deuses, tal profeta morrerá’». 
Palavra do Senhor. 



LEITURA II 1 Cor 7, 32-35 

Leitura da Primeira Epístola do apóstolo S. Paulo aos Coríntios 
Irmãos: Não queria que andásseis preocupados. Quem não é casado preocupa-se com as coisas do Senhor, com o modo de agradar ao Senhor. Mas aquele que se casou preocupa-se com as coisas do mundo, com a maneira de agradar à esposa, e encontra-se dividido. Da mesma forma, a mulher solteira e a virgem preocupam-se com os interesses do Senhor, para serem santas de corpo e espírito. Mas a mulher casada preocupa-se com as coisas do mundo, com a forma de agradar ao marido. Digo isto no vosso próprio interesse e não para vos armar uma cilada. Tenho em vista o que mais convém e vos pode unir ao Senhor sem desvios. 
Palavra do Senhor. 



EVANGELHO Mc 1, 21-28 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos 
Jesus chegou a Cafarnaum e quando, no sábado seguinte, entrou na sinagoga e começou a ensinar, todos se maravilhavam com a sua doutrina, porque os ensinava com autoridade e não como os escribas. Encontrava-se na sinagoga um homem com um espírito impuro, que começou a gritar: «Que tens Tu a ver connosco, Jesus Nazareno? Vieste para nos perder? Sei quem Tu és: o Santo de Deus». Jesus repreendeu-o, dizendo: «Cala-te e sai desse homem». O espírito impuro, agitando-o violentamente, soltou um forte grito e saiu dele. Ficaram todos tão admirados, que perguntavam uns aos outros: «Que vem a ser isto? Uma nova doutrina, com tal autoridade, que até manda nos espíritos impuros e eles obedecem-Lhe!». E logo a fama de Jesus se divulgou por toda a parte, em toda a região da Galileia. 
Palavra da salvação. 



ORAÇÃO DOS FIÉIS

1. Para que a santa Igreja, presente em toda a terra, 
ampare, estimule e defenda os profetas 
que o Espírito Santo nela faz surgir, 
oremos. 

2. Para que as nações em dificuldade 
recebam a ajuda internacional de que precisam 
e assim cresça o bem-estar dos seus habitantes, 
oremos. 

3. Para que os diáconos, leitores e catequistas 
dêem testemunho da Palavra que proclamam 
ou ensinam às crianças nos seus grupos, 
oremos. 

4. Para que todos os leprosos do mundo, 
encontrem em Jesus o grande amigo 
e, em cada homem, um irmão solidário, 
oremos. 

5. Para que os membros da nossa comunidade (paroquial) 
se preocupem com as coisas do Senhor e 
com o modo de em tudo Lhe agradar, 
oremos.  

Música-litúrgica

Pároco