Put your ad code here


IX DOMINGO DO TEMPO COMUM



LEITURA I Deut 5, 12-15 

Leitura do Livro do Deuteronómio 
Eis o que diz o Senhor: «Guarda o dia de sábado, para o santificares, como te mandou o Senhor, teu Deus. Trabalharás durante seis dias e neles farás todas as tuas obras. O sétimo, porém, é o sábado do Senhor, teu Deus. Não farás nele qualquer trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu escravo, nem a tua escrava, nem o teu boi, nem o teu jumento, nem nenhum dos teus animais, nem o estrangeiro que mora contigo. Assim, o teu escravo e a tua escrava poderão descansar como tu. Recorda-te que foste escravo na terra do Egipto e que o Senhor, teu Deus, te fez sair de lá com mão forte e braço estendido. Por isso, o Senhor, teu Deus, te mandou guardar o dia de sábado». 
Palavra do Senhor. 




LEITURA II 2 Cor 4, 6-11 

Leitura da Segunda Epístola do apóstolo S. Paulo aos Coríntios 
Irmãos: Deus, que disse: «Das trevas brilhará a luz» fez brilhar a luz em nossos corações, para que se conheça em todo o seu esplendor a glória de Deus, que se reflecte no rosto de Cristo. Nós trazemos em vasos de barro o tesouro do nosso ministério, para que se reconheça que um poder tão sublime vem de Deus e não de nós. Em tudo somos oprimidos, mas não esmagados; andamos perplexos, mas não desesperados; perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não aniquilados. Levamos sempre e em toda a parte no nosso corpo os sofrimentos da morte de Jesus, a fim de que se manifeste também no nosso corpo a vida de Jesus. Porque, estando ainda vivos, somos constantemente entregues à morte por causa de Jesus, para que se manifeste também na nossa carne mortal a vida de Jesus. 
Palavra do Senhor. 




EVANGELHO – Forma longa Mc 2, 23 – 3, 6 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos 
Passava Jesus através das searas, num dia de sábado, e os discípulos, enquanto caminhavam, começaram a apanhar espigas. Disseram-Lhe então os fariseus: «Vê como eles fazem ao sábado o que não é permitido». Respondeu-lhes Jesus: «Nunca lestes o que fez David, quando ele e os seus companheiros tiveram necessidade e sentiram fome? Entrou na casa de Deus, no tempo do sumo sacerdote Abiatar, e comeu dos pães da proposição, que só os sacerdotes podiam comer, e os deu também aos companheiros». E acrescentou: «O sábado foi feito para o homem e não o homem para o sábado. Por isso, o Filho do homem é também Senhor do sábado». Jesus entrou de novo na sinagoga, onde estava um homem com uma das mãos atrofiada. Os fariseus observavam Jesus, para verem se Ele ia curá-lo ao sábado e poderem assim acusá-l’O. Jesus disse ao homem que tinha a mão atrofiada: «Levanta-te e vem aqui para o meio». Depois perguntou-lhes: «Será permitido ao sábado fazer bem ou fazer mal, salvar a vida ou tirá-la?». Mas eles ficaram calados. Então, olhando-os com indignação e entristecido com a dureza dos seus corações, disse ao homem: «Estende a mão». Ele estendeu-a e a mão ficou curada. Os fariseus, porém, logo que saíram dali, reuniram-se com os herodianos para deliberarem como haviam de acabar com Ele. 
Palavra da salvação. 





ORAÇÃO DOS FIÉIS

1. Pelo nosso Bispo N., seus presbíteros e diáconos, 
para que celebrem o domingo com alegria 
e o santifiquem como dia do Senhor, 
oremos. 

2. Pelos que julgam encontrar o seu repouso 
na agitação, no dinheiro e no conforto, 
para que Deus lhes revele o seu mistério, 
oremos. 

3. Pelos que vivem esmagados pelo trabalho 
e pelos que são tratados ainda hoje como escravos, 
para que alcancem a verdadeira liberdade, 
oremos. 

4. Pelos que detêm o poder e a cultura, 
para que nas palavras pronunciadas por Jesus, 
descubram quem é o homem e o respeitem, 
oremos. 

5. Pela nossa assembleia em oração, 
para que Deus lhe revele que o seu Filho 
é Senhor até do próprio sábado, 
oremos. 

Música-litúrgica

Pároco