XV DOMINGO DO TEMPO COMUM

Leitura da Profecia de Amós

Naqueles dias,
Amasias, sacerdote de Betel, disse a Amós:
«Vai-te daqui, vidente.
Foge para a terra de Judá.
Aí ganharás o pão com as tuas profecias.
Mas não continues a profetizar aqui em Betel,
que é o santuário real, o templo do reino».
Amós respondeu a Amasias:
«Eu não era profeta, nem filho de profeta.
Era pastor de gado e cultivava sicómoros.
Foi o Senhor que me tirou da guarda do rebanho e me disse:
‘Vai profetizar ao meu povo de Israel’».

Palavra do Senhor.



Refrão: Mostrai-nos, Senhor, o vosso amor
e dai-nos a vossa salvação.


Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis
e a quantos de coração a Ele se convertem.
A sua salvação está perto dos que O temem,
e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade,
abraçaram-se a paz e a justiça.
A fidelidade vai germinar da terra,
e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom,
e a nossa terra produzirá os seus frutos.
A justiça caminhará à sua frente,
e a paz seguirá os seus passos.



Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Efésios
Bendito seja Deus, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo,
que do alto dos Céus nos abençoou
com toda a espécie de bênçãos espirituais em Cristo.
N’Ele nos escolheu, antes da criação do mundo,
para sermos santos e irrepreensíveis,
em caridade, na sua presença.
Ele nos predestinou, conforme a benevolência da sua vontade,
a fim de sermos seus filhos adoptivos, por Jesus Cristo,
para louvor da sua glória
e da graça que derramou sobre nós, por seu amado Filho.
N’Ele, pelo seu sangue,
temos a redenção e a remissão dos pecados.
Segundo a riqueza da sua graça,
que Ele nos concedeu em abundância,
com plena sabedoria e inteligência,
deu-nos a conhecer o mistério da sua vontade,
o desígnio de benevolência n’Ele de antemão estabelecido,
para se realizar na plenitude dos tempos:
instaurar todas as coisas em Cristo,
tudo o que há nos Céus e na terra.
Em Cristo fomos constituídos herdeiros,
por termos sido predestinados,
segundo os desígnios d’Aquele que tudo realiza
conforme a decisão da sua vontade,
para sermos um hino de louvor da sua glória,
nós que desde o começo esperámos em Cristo.
Foi n’Ele que vós também,
depois de ouvirdes a palavra da verdade,
o Evangelho da vossa salvação,
abraçastes a fé e fostes marcados pelo Espírito Santo.
E o Espírito Santo prometido é o penhor da nossa herança,
para a redenção do povo que Deus adquiriu
para louvor da sua glória.

Palavra do Senhor.


Oração dos Fiéis:

1. Pelo Papa Francisco, e por todos os bispos, presbíteros e diáconos,
para que celebrem os mistérios de Jesus Cristo
com alegria e fervor sempre renovados,
oremos.

2.Pelos apóstolos que Jesus continua a enviar,
para que, sem alforge nem dinheiro,
anunciem o arrependimento e a paz,
oremos.

3.Pelos que têm fome e pelos doentes,
pelos rejeitados e por todos os que sofrem,
para que encontrem alívio junto de Deus e dos homens,
oremos.

4.Por todos aqueles que Deus abençoou e escolheu,
e pelos que chamou à fé e marcou pelo Espírito,
para que sejam santos e irrepreensíveis na sua presença,
oremos.

5.Por todos nós aqui reunidos em assembleia,
para que Deus nos conceda o perdão dos pecados
e a vontade de cumprir os mandamentos,
oremos.

Música-litúrgica

Pároco