XXXIII DOMINGO DO TEMPO COMUM



LEITURA I Dan 12, 1-3


Leitura da Profecia de Daniel
Naquele tempo, surgirá Miguel, o grande chefe dos Anjos, que protege os filhos do teu povo. Será um tempo de angústia, como não terá havido até então, desde que existem nações. Mas nesse tempo, virá a salvação para o teu povo, para aqueles que estiverem inscritos no livro de Deus. Muitos dos que dormem no pó da terra acordarão, uns para a vida eterna, outros para a vergonha e o horror eterno. Os sábios resplandecerão como a luz do firmamento e os que tiverem ensinado a muitos o caminho da justiça brilharão como estrelas por toda a eternidade.
Palavra do Senhor.




LEITURA II Hebr 10, 11-14.18


Leitura da Epístola aos Hebreus
Todo o sacerdote da antiga aliança se apresenta cada dia para exercer o seu ministério e oferecer muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca poderão perdoar os pecados. Cristo, ao contrário, tendo oferecido pelos pecados um único sacrifício, sentou-Se para sempre à direita de Deus, esperando desde então que os seus inimigos sejam postos como escabelo dos seus pés. Porque, com uma única oblação, tornou perfeitos para sempre os que Ele santifica. Onde há remissão dos pecados, já não há necessidade de oblação pelo pecado.
Palavra do Senhor.




 EVANGELHO Mc 13, 24-32

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Naqueles dias, depois de uma grande aflição, o sol escurecerá e a lua não dará a sua claridade; as estrelas cairão do céu e as forças que há nos céus serão abaladas. Então, hão-de ver o Filho do homem vir sobre as nuvens, com grande poder e glória. Ele mandará os Anjos, para reunir os seus eleitos dos quatro pontos cardeais, da extremidade da terra à extremidade do céu. Aprendei a parábola da figueira: quando os seus ramos ficam tenros e brotam as folhas, sabeis que o Verão está próximo. Assim também, quando virdes acontecer estas coisas, sabei que o Filho do homem está perto, está mesmo à porta. Em verdade vos digo: Não passará esta geração sem que tudo isto aconteça. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão. Quanto a esse dia e a essa hora, ninguém os conhece: nem os Anjos do Céu, nem o Filho; só o Pai».
Palavra da salvação.




ORAÇÃO DOS FIÉIS  


1. Pelo nosso Bispo N. , pelos presbíteros e diáconos,
para que anunciem com grande sabedoria
que este mundo é passageiro,
oremos.
 2. Pela humanidade, para que se renove na justiça,
pelos seus chefes, para que descubram que são frágeis,
e por todos os homens, para que cheguem à luz de Deus,
oremos.

3. Pelos fiéis, para que Cristo os santifique,
pelos que sofrem, para que Ele os alivie,
e pelos que esperam novos céus e nova terra,
oremos.
   
4. Por nós próprios e pelos cristãos que em cada tempo
esperam pela vinda do Senhor,
para que um dia tomem parte no seu reino,
oremos.
5. Pelos nossos irmãos que já partiram deste mundo,
para que os seus nomes estejam inscritos no Céu,
e o Senhor lhes dê sem demora a vida eterna,
oremos.

Música-litúrgica

Pároco